MUSEU DO VATICANO E CAPELA SISTINA – O QUE VER

Atualizado em . .
Galeria dos Mapas - Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Galeria dos Mapas – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

NOSSA VISITA GUIADA – MUSEU DO VATICANO E CAPELA SISTINA – O QUE VER

 

Você não sabe o que ver no Museu do Vaticano? Realmente, sem ajuda é bastante difícil saber por onde começar. Nós fizemos uma visita guiada, mas se essa não for uma opção para você, aqui estão alguns destaques na sequência natural de visitação.

As dicas de qual o metrô mais próximo, como evitar filas e de tudo o que não é permitido fazer estão no post Dicas de Roma – Não caia em roubadas!

Bom, para começar, o Museu do Vaticano é um conjunto de museus interconectados onde a arte está disposta por temas, épocas ou o Papa que a colecionou. Você não precisa ser nada religioso para ficar boquiaberto enquanto os conhece. A beleza dos tetos, dos mosaicos, das esculturas, tapeçarias e afrescos é indescritível. Sem falar nos artistas como Rafael e Michelângelo. Emocionante.  

Booking.com

 

 DESTAQUES DOS MUSEUS DO VATICANO E CAPELA SISTINA

 

1) PÁTIO DA PINHA – MUSEU DO VATICANO E CAPELA SISTINA – O QUE VER

 

Nós começamos a visita pelo Pátio da Pinha, que tem esse nome devido a uma imensa pinha disposta como ponto focal da parede em semicírculo de um dos museus. Mas o que uma pinha está fazendo no Museu do Vaticano? Ela fazia parte de uma fonte das termas privadas de Agripa, um nobre da Roma Antiga.

 

Pátio da Pinha - Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Pátio da Pinha – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

A outra obra que chama atenção é a esfera dourada chamada Sfera con Sfera, de 1990, do artista italiano Pomodoro. O que ela representa? Segundo ele, o cristianismo…

 

<em>Sfera con Sfera</em> - Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Sfera con Sfera – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

2) MUSEU PIO CLEMENTINO – MUSEU DO VATICANO E CAPELA SISTINA – O QUE VER

 

 – JARDIM OCTOGONAL OU CORTILLE DELE STATUE 

Neste jardim o Papa Julius II colecionou inúmeras esculturas clássicas antigas, trazendo à vida a Roma dos Cézares na Roma dos Papas. São destaques as obras“ The Belvedere Apollo” e “Laocona”, que estão nos seus lugares desde 1503!

 

The Belvedere Apolo - Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

The Belvedere Apolo – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

Sobre a estátua do deus Apollo, na foto acima, Johann Joachim Winckelmann disse:

 “… de todos os trabalhos da antiguidade que escaparam a destruição, a estátua de Apollo representa o mais alto ideal de arte”.

 

A estátua Laocona foi encontrada no Monte Esquilino em Roma em 1506 e foi imediatamente identificada como uma obra de arte dos escultores de Rhodes, feita ao redor dos anos 40-30 AC.

 

Laocona - Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Laocona – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

Quando entendemos o que vemos, fica muito mais interessante. Quer ver? Laocona, um pregador do deus Apollo, está sendo morto, juntamente com seus dois filhos, por duas serpentes marinhas enviadas pelos deuses Athena e Poseidon.

Por que? Ele tentava avisar seus amigos de Tróia a não receberem a estátua de madeira em forma de cavalo deixada pelos gregos junto aos portões da cidade. Com a morte desses inocentes, houve a fuga de Tróia e posterior fundação de Roma. Arte e história normalmente se conectam!

 

– ROTUNDA OU SALA REDONDA

 

Mosaico do Chão da Rotunda - Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Mosaico do Chão da Rotunda – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

Comece admirando o grande mosaico do chão que foi montado no século XVIII, a partir de mosaicos do séc. III! Depois olhe para cima e admire o teto que lembra o do Panteon em Roma. Agora sim, veja os bustos e estátuas que estão exibidos na Sala Redonda.

 

Estátua de Herácles nos Museus do Vaticano

Estátua de Herácles nos Museus do Vaticano

 

Um dos destaques é a estátua de Herácles, acima, banhada em bronze e datada entre os séculos I e séc. III DC.

Curiosidade do Museu do Vaticano e Capela Sistina: Esta estátua havia sido atingida por um raio e por isso havia recebido os rituais funerários, sendo enterrada juntamente com os restos mortais de uma ovelha, seguindo os costumes romanos.

 

Imperador Claudius - Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Imperador Claudius – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

Agora, o meu destaque: O busto do imperador Claudius. Esta é uma homenagem minha ao Claudio Mello.

 

3) SALA DA CRUZ GREGA – MUSEU DO VATICANO E CAPELA SISTINA – O QUE VER

 

No chão da Sala da Cruz Grega se encontra este magnífico mosaico do século III representando a deusa Minerva e as fases da lua. Nesta sala também estão os dois sarcófagos em granito vermelho de Santa Helena e Constantina, mãe e filha do Imperador Constantino.

 

Mosaico do chão da Sala da Cruz Grega - Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Mosaico do chão da Sala da Cruz Grega – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

4) GALERIA DOS CANDELABROS – MUSEU DO VATICANO E CAPELA SISTINA – O QUE VER

 

O nome desta galeria vem dos candelabros colocados em frente aos pilares quando da abertura desta galeria em 1761, pelo Papa Pio VI.

 

Teto da galeria dos Candelabros - Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Teto da galeria dos Candelabros – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

A Galeria dos Candelabros no Museu do Vaticano estava completamente lotada, o que impossibilitou a realização de alguma foto descente das esculturas romanas que datam dos séculos III AC ao século III DC, ali expostas. Em compensação, é possível ver que, como nas demais salas dos Museu do Vaticano, o teto é divino.

 

5) GALERIA DAS TAPEÇARIAS – MUSEU DO VATICANO E CAPELA SISTINA – O QUE VER

 

As inúmeras e gigantescas tapeçarias aqui expostas, primeiramente estavam na Capela Sistina. Elas foram feitas em Bruxelas, entre 1523 e 1534, a partir de desenhos dos pupilos de Rafael. Somente em 1838 que vieram para esta galeria.

 

Teto da galeria das Tapeçarias - Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Teto da galeria das Tapeçarias – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

 A figura central do detalhe deste teto, embora pareça ter relevo, é apenas uma pintura!

 

6) GALERIA DOS MAPAS – MUSEU DO VATICANO E CAPELA SISTINA – O QUE VER

 

Teto da Galeria dos Mapas - Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Teto da Galeria dos Mapas – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

A Galeria dos Mapas tem esse nome, pois lá estão 40 afrescos de mapas representando as regiões italianas e as propriedades papais da época do papa Gregório XIII (1572 a 1585).  Estes registros são de extrema importância para a cartografia e geografia do século XVI. Obviamente, os mapas são muito legais, mas o teto, em cores vibrantes, é maravilhoso. A galeria é enorme: tem 120 m de comprimento por 06 m de largura!

 

7) SALA IMACULADA CONCEIÇÃO – MUSEU DO VATICANO E CAPELA SISTINA – O QUE VER

 

Sala Imaculada Conceição -  Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Sala Imaculada Conceição – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

Os afrescos desta sala representam os dogmas da Imaculada Conceição. No meio da sala, há um mostruário de livros sobre estes dogmas, escritos em diversas línguas.

 

8) SALAS DE RAFAEL – MUSEU DO VATICANO E CAPELA SISTINA – O QUE VER

 

Assim são chamadas as salas do Museu do Vaticano que eram na verdade os apartamentos do Papa Julius II (1503-1513). Ele não quis viver nos quartos do seu antecessor e mudou-se para o andar superior. Apesar destes quartos já terem sido pintados por artistas mais famosos, como os mestres do próprio Rafael, este teve “carta branca” para apagar as pinturas anteriores. Por ordem de visitação, os quartos são:

– SALA DE CONSTANTINO

O nome foi dado em homenagem à Constantino I, imperador romano que se converteu ao cristianismo.

 

Sala de Constantino - Museu  do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Sala de Constantino – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

Aqui ocorriam recepções oficiais do Papa.

Não há nenhum centímetro de parede que não esteja coberto por afrescos. Esta sala foi pintada em sua maior parte pelos pupilos de Rafael após a sua morte.

 

Sala de Constantino - Museu  do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Sala de Constantino – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

O teto, na foto abaixo, é de Tommaso Laureti, “ Triunfo do Cristianismo” sobre o paganismo, mostrando uma típica estátua romana quebrada e caída no chão, diante da cruz de Cristo. A impressão de profundidade na pintura deste teto é impactante. Observe a imagem central. Não parece 3D?

 

Sala de Constantino - Museu  do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Sala de Constantino – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

– SALA DE HELIODORO

 

Esta já era uma sala destinada as audiências privadas do Papa. No teto, o destaque são cenas do antigo testamento.

 

Sala de Heliodoro - Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Sala de Heliodoro – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

– SALA DA SEGNATURA

 

Sala da Segnatura - Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Sala da Segnatura – Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

Foi a primeira das salas do Museu do Vaticano pintada por Rafael. Era usada como biblioteca, onde o papa assinava documentos oficiais. No século XVI, as reuniões da Segnatura Gratiae et Lustitiae, o mais alto tribunal da Santa Sé, passaram a ocorrer aqui. Por isso o seu nome.

Nesta sala “ A Escola de Atenas” uma das mais famosas pinturas de Rafael, é o destaque. Nela, Aristóteles e Platão são rodeados por vários filósofos da época. O que torna a pintura tão interessante? Todos esses grandes homens da Antiguidade receberam as feições de grandes pintores da época de Rafael! Aristóteles, Platão e Pitágoras se assemelham respectivamente a Michelângelo, Leonardo da Vinci e Bramante. E você pode inclusive ver o autorretrato do próprio Rafael, sentado, de capa verde, olhando para cima.

 

– SALA DO INCÊNDIO NO BORGO

 

Inicialmente foi usada para as reuniões da Segnatura Gratiae e Lustitiae. Depois que essas reuniões foram transferidas para a atual Sala da Segnatura, a Sala do Incêndio no Borgo passou a ser uma sala de jantar. O objetivo principal dos afrescos dessa sala é destacar os feitos do Papa Leão X.

 

9) A CAPELA SISTINA – MUSEU DO VATICANO E CAPELA SISTINA – O QUE VER

 

A Capela Sistina ainda é usada para funções papais e a para o Conclave.

Inacreditavelmente, o teto da capela só foi encomendado a Michelângelo, pelo fato de a pintura pré-existente ter sido muito danificada pelo concerto das rachaduras ocorridas devido as obras da Torre Bórgia e da Basílica de São Pedro. Michelângelo assinou o contrato em 08 de maio de 1508 e deve tê-la terminado até 31 de outubro de 1512, pois o Papa celebrou uma missa no dia seguinte.

Para nós, o ponto alto da Capela Sistina é “ O Julgamento Final”, pintado por Michelângelo entre 1536 e 1541. A beleza e força da obra fazem com que a pessoa fique vidrada, tentando entender tudo o que ali acontece.  A pintura é centrada em Cristo, mas também mostra anjos, santos, a Virgem, os escolhidos ascendendo aos céus e outros indo para o inferno. A grande controvérsia da época foram os nus, considerados obscenos e posteriormente cobertos.

Não é possível fotografar no interior da Capela Sistina, por isso não postamos nenhuma imagem.

 

 

COMPRE AQUI SEU INGRESSO PARA O MUSEU DO VATICANO E CAPELA SISTINA 

 

Você também vai gostar de:

CAPELA SISTINA E MUSEU DO VATICANO VIP EVITE FILAS

Entre 15 min antes da maioria dos demais visitantes e aproveite as obras com mais calma. Inclui audio guia em português, DVD ” Arte e Fé” em português, ingresso para o Museu do Vaticano e Capela Sistina.

COLISEU EVITE FILAS: Inclui o ingresso evite filas para o Palatino e o Fórum Romano

BASÍLICA DE SÃO PEDRO COM DESCONTO, SEM FILAS E COM AUDIO GUIA EM PORTUGUÊS

01 DIA EM POMPÉIA: Inclui Nápoles, as ruínas de Pompéia, guia local (idiomas inglês, alemão, espanhol), almoço e ingresso. E você pode ser pego no Hotel!

01 DIA NA DIVINA ILHA DE CAPRI – O passeio inclui ferry boat ida e volta, Gruta Azul, almoço, guia profissional (inglês, alemão, francês e espanhol). E você pode ser pego no hotel! Veja o post sobre nosso passeio de barco em Capri.

 

PARA TODOS OS PASSEIOS EM ROMA E ARREDORES CLIQUE AQUI

 

Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

PARA A ITÁLIA O SEGURO VIAGEM É OBRIGATÓRIO!

 

Não se esqueça de fazer o Seguro Viagem com antecedência. Ele é específico para os países que fazer parte do Tratado de Schengen. 

Faça sua cotação aqui com uma comparadora, que trabalha com as melhores e maiores empresas e que oferece garantia de menor preço e que parcela em 6 vezes! 

MAIS DE ROMA

 

Se você quer se inteirar sobre horários, qual o melhor metrô, como não pegar filas e quer saber tudo o que você não pode fazer no Museu do Vaticano e na Basílica de São Pedro, DICAS DE ROMA! SEM FILAS, COM DESCONTOS E MAIS!

Quer saber o que você vê numa visita guiada na basílica de São Pedro? Leia  BASÍLICA DE SÃO PEDRO VISITA GUIADA . 

Já pensou num roteiro de caminhada por Roma? Leia O QUE FAZER EM ROMA DE GRAÇA!

E não se esqueça de se preparar lendo PONTOS TURÍSTICOS DE ROMA – COLISEU E MUITO MAIS! !

 

Gostou de Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver? Compartilhe com seus amigos! E siga-nos no Instagram para mais fotos!

 

Museu do Vaticano e Capela Sistina - O Que Ver

Museu do Vaticano e Capela Sistina – O Que Ver

 

Um abraço e até breve!

MEUS DESTINOS IMPERDÍVEIS!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *