PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA: GUIA COMPLETO!

Atualizado em . .
O Palácio de Versalhes França

O Palácio de Versalhes França

 

Descubra tudo o que fazer no Palácio de Versalhes França: o palácio, o jardim, o Petit Trianon, o Grand Trianon, a Aldeia de Maria Antonieta e muito mais! Saiba como e quando ir, horários, ingressos e muitas outras dicas super úteis.

Um dos mais famosos palácios do mundo, o Palácio de Versalhes França une história, cultura, uma imponente arquitetura e belíssimos jardins. Por sua imensa importância, foi declarado Patrimônio Mundial da Unesco há mais de 30 anos. Não vejo como não amá-lo.

 

Orangery - O Palácio de Versalhes França

Orangery – O Palácio de Versalhes França

 

A história de Versalhes começou no séc XVII, como um alojamento de caça. Mais tarde se tornou sede da corte e desde o séc XIX, é um Museu de História da França.

Palácio ou Castelo? Começando na Renascença, o termo “chateau” era usado para residências de luxo na área rural, enquanto “palácio” designava as na área urbana. Assim sendo, o Louvre em Paris,  era referido como “palais” e Versalhes, sendo numa aldeia no interior era um “chateau”.

Provavelmente você estará em Paris e somente passará o dia em Versalhes. Veja aqui algumas promoções  em tempo real em Paris.

 

Booking.com

 

COMPRE AQUI SEUS INGRESSOS DE PARIS, COM DESCONTOS E SEM FILAS!

 

1) O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

Acredite, o Palácio de Versalhes França tem 2.300 salas espalhadas em 63,154 m2! Nem tudo está aberto à visitação, mas mesmo assim a visita é longa.

 

2) A CAPELA REAL – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

A Capela Real - O Palácio de Versalhes França

A Capela Real – O Palácio de Versalhes França

 

A Capela Real é linda. Tem 2 andares, com uma colunata imponente no primeiro andar, claramente inspirada na Antiguidade.

Todos os dias o Rei assistia a missa, normalmente às 10:00h da manhã. Ele e sua família ficavam na tribuna do segundo andar. As damas da corte ocupavam as tribunas laterais. Já os oficiais e público ficavam na nave, no primeiro andar.

 

A Capela Real - O Palácio de Versalhes França

A Capela Real – O Palácio de Versalhes França

 

O rei apenas descia à nave em celebrações religiosas, quando tomava a comunhão, batizados e casamentos de princesas e príncipes.

 

3) O HALL DOS ESPELHOS – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

O Hall dos Espelhos - O Palácio de Versalhes

O Hall dos Espelhos – O Palácio de Versalhes

 

A Sala dos Espelhos é a mais famosa sala de todo o Palácio de Versalhes França. Ela foi construída onde antes ficava um terraço aberto, exposto ao mau tempo, situado entre os Apartamentos do Rei ao norte e os Apartamentos da Rainha ao sul.

Os seus 73m de comprimento prestam tributo ao sucesso político, econômico e artístico da França.

No teto, 30 painéis glorificam as vitórias militares e políticas. Já os 357 espelhos que embelezam os 17 arcos demonstram o poder econômico, onde a manufatura francesa pode rivalizar com o monopólio de Veneza na produção de espelhos. Além disso, tão belo detalhe artístico refletia a vista das belas janelas. Mesmo quem estivesse de costas para elas podia ver a paisagem.

 

O Hall dos Espelhos - O Palácio de Versalhes

O Hall dos Espelhos – O Palácio de Versalhes

 

E impossível não ficar impressionado com as pilastras adornadas em bronze (foto acima), que apoiavam os candelabros, decoradas no que então passou a ser chamado ” French Style”.

Membros da corte e visitantes cruzavam a Sala dos Espelhos diariamente. Ela também servia como sala de espera, reuniões e raramente para cerimônias oficiais. Foi na Sala dos Espelhos que o Tratado de Versalhes foi assinado ao final da Primeira Guerra Mundial.

 

4) A SALA DA GUERRA – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

A Sala da Guerra - O Palácio de Versalhes França

A Sala da Guerra – O Palácio de Versalhes França

 

Suas paredes são magnificamente cobertas com painéis de mármore decorados com troféus e armas em bronze em comemoração as vitórias militares.

Na cúpula do teto, a França está personificada, armada e sentada numa nuvem, rodeada de suas vitórias. Seus inimigos estão nos arcos: Alemanha, Espanha e Holanda. 

 

A Sala da Guerra - O Palácio de Versalhes França

A Sala da Guerra – O Palácio de Versalhes França

 

5) A SALA DA PAZ – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

Em posição simétrica à Sala da Guerra e com a mesma decoração das paredes. No entanto, a cúpula e os arcos mostram cenas em benefício da paz trazida à Europa pela França. Nessa sala ocorriam concertos musicais, parte importante da vida musical da corte.

Da última vez que fomos ao Palácio de Versalhes França, havia uma exposição de “instalações de arte moderna” espalhadas por toda a propriedade. A Sala de Paz foi aberta para o Hall dos Espelhos e nela estava a instalação da foto abaixo. Na minha opinião, um total descompasso com a importância histórica, cultural e artística do local. 

 

O Palácio de Versalhes França

O Palácio de Versalhes França

 

6) OS APARTAMENTOS CERIMONIAIS DO REI – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

Sete salas muito luxuosas, usadas para as cerimônias oficiais do soberano e por isso decoradas no estilo italiano, com muitos painéis de mármore e tetos pintados, constituem os Apartamentos Cerimoniais do Rei. Bem como ele gostava. 

Durante o dia, aqueles que quisessem ver o rei e sua família passarem no caminho para a capela, podiam ficar ali. 

À noite, várias vezes por semana, eram usados para encontros festivos.

Os apartamentos Cerimoniais do Rei estão incluídos no ingresso básico do Palácio de Versalhes França.

-A SALA DE HÉRCULES – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

Sala de Hércules - O Palácio de Versalhes França

Sala de Hércules – O Palácio de Versalhes França

 

O que mais impressiona na sala de Hércules é a gigantesca pintura de Veronese, The Meal in the House of Simon, um presente da República de Veneza ao Rei Luis XIV, mas trazida ao Palácio de Versalhes França, por Luís XV.

O teto também é lindo, executado por Lemoyne. Ele é de uma técnica chamada marouflage, onde a pintura é feita em canvas, que então são coladas no teto. Exausto após 4 anos nesse projeto, mesmo tendo sido nomeado o Primeiro Pintor pelo Rei Luís XV, Lemoyne se suicidou.

 

-O HALL DA ABUNDÂNCIA -O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

O Hall da Abundância - O Palácio de Versalhes França

O Hall da Abundância – O Palácio de Versalhes França

 

Aqui, durante as festividades noturnas eram servidos café, vinhos e licores.

 

-SALA DE VÊNUS – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

Sala de Vênus - O Palácio de Versalhes França

Sala de Vênus – O Palácio de Versalhes França

 

A decoração do teto é baseada em Vênus, a Deusa do Amor, relacionando-a com o planeta na Antiga Grécia.

Nessa sala, o que parece ser mármore, na verdade é falso. É uma técnica de pintura. Isso pode ser visto na foto acima, nas pilastras que rodeiam a estátua de Luís XIV. 

Nas festividades noturnas, aqui ficavam pirâmides de raras frutas frescas como laranjas e limões, marzipan e frutas cristalizadas.

 

-SALA DE DIANA – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

A Sala de Diana - O Palácio de Versalhes França

A Sala de Diana – O Palácio de Versalhes França

 

  1. Aqui, as pinturas do teto mostram Diana, a Deusa da Caça, assistindo à navegação e cenas de caça.
  2. Nos eventos noturnos, essa era a sala de sinuca, jogo em que Luís XIV era um expert.
  3.  
  4. -A SALA DE MARTE – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

  5.  
A Sala de Marte - O Palácio de Versalhes França

A Sala de Marte – O Palácio de Versalhes França

  1.  
  2. Esta sala marca o início dos apartamentos privados do rei. Aqui ficava a guarda do soberano. Por isso, é muito apropriada a escolha do Deus da Guerra como tema das pinturas.

Nas festividades, até 1750, havia 2 plataformas, uma em cada lado da lareira, para os músicos tocarem. Era nessa sala que dançavam.

 

-A SALA DE MERCÚRIO – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

A Sala de Mercúrio - O Palácio de Versalhes França

A Sala de Mercúrio – O Palácio de Versalhes França

 

Esse era o quarto do rei nos Apartamentos Cerimoniais. No entanto, no início do inverno, a cama era removida para dar lugar a mesas de jogos.

Quem usou esse quarto por alguns dias foi o neto de Luís XIV ao ser nomeado Rei da Espanha. 

 

A Sala de Mercúrio - O Palácio de Versalhes França

A Sala de Mercúrio – O Palácio de Versalhes França

 

Inicialmente a balaustrada que separava a cama do restante do quarto era de prata maciça. Também os brocados, tecidos com fio de ouro e prata, cobriam as paredes e a cama. Esse luxo teve um triste fim: foram derretidos para financiar guerras.

Foi nesse quarto que o caixão com o corpo de Luís XIV ficou exposto de 2 a 10 de setembro de 1715.

 

7) OS APARTAMENTOS DAS PRINCESAS – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

O Palácio de Versalhes França

O Palácio de Versalhes França

 

O Rei Luís XV tinha 6 filhas, conhecidas como as Madames da França. Elas viveram nesses apartamentos desde 1752. No entanto, apenas Adélaïde e Victoire permaneceram até a Revolução Francesa, pois não haviam casado e já estavam em idade avançada.

Devido a um extenso trabalho de recuperação, eles ficaram fechados para o público de 1980 à 2013. 

Hoje em dia, você pode visitá-los com o ingresso básico do Palácio de Versalhes França. O acesso se dá pelo térreo, pelo Pátio Real, pelas portas amarelas da primeira foto desse post. A maioria das pessoas nem se dá conta da sua existência.

 

8) A GALERIA DAS GRANDES BATALHAS – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

A Galeria das Grandes Batalhas - O Palácio de Versalhes França

A Galeria das Grandes Batalhas – O Palácio de Versalhes França

 

Criada por Louis-Philippe, a Galeria das Batalhas cobre quase todo o primeiro andar da asa sul do Palácio de Versalhes França e é considerada a mais importante das galerias históricas. 

Eu adorei. Foi uma surpresa. Cerca de 30 pinturas retratam 1500 anos dos sucessos militares da França, desde Clóvis até Napoleão.

 

A Galeria das Grandes Batalhas - O Palácio de Versalhes França

A Galeria das Grandes Batalhas – O Palácio de Versalhes França

 

A Galeria das Grandes Batalhas é a maior sala do Palácio de Versalhes França. Tem 120m de comprimento por 13m de largura. Eu amei a riqueza de detalhes do teto.

Para acessá-la, você subirá uma enorme escadaria. Olhe para cima e você verá o que está na foto abaixo.

 

O Palácio de Versalhes França

O Palácio de Versalhes França

 

9) O JARDIM – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

Fonte de Latona - O Palácio de Versalhes França

Fonte de Latona – O Palácio de Versalhes França

 

A construção do jardim, iniciada em 1661, foi bastante trabalhosa, levando 40 anos. Isso por que o terreno era pantanoso e com muitas árvores. Luís XIV confiou em André Le Nôtre a tarefa de fazer os jardins, que ele julgava tão importante quanto o palácio.

As fontes e o Grand Canal foram escavados, com grande movimentação de terra. Milhares de pessoas trabalharam nesse projeto. Às vezes, regimentos inteiros.

Por ele se estender por 800 hectares, é interessante que você tenha no mínimo uma ideia do que o interessa. Há uma profusão de fontes, lagos, estátuas e recantos diferentes. Por isso também, use sapatos muito confortáveis, como tênis, pois você caminhará por quilômetros. 

 

Colonnade Grove - O Palácio de Versalhes França

Colonnade Grove – O Palácio de Versalhes França

 

O TRENZINHO

Se você quiser, é possível alugar bicicletas, carros elétricos o até pegar um trenzinho para se locomover pelo jardim. Em uma das vezes que fui, usei o trenzinho para ir do Palácio ao Grand Trianon. Desisti de usá-lo para ir ao Petit Trianon e retornar ao palácio, pois a fila era monstruosa!

 

O jardim - O Palácio de Versalhes França

O jardim – O Palácio de Versalhes França

 

10) O PARQUE – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

O Parque - O Palácio de Versalhes França

O Parque – O Palácio de Versalhes França

 

É gigantesco. Imenso. Perfeito para corredores de longas distâncias treinarem, não para turistas comuns. O grande destaque é o Grand Canal. Leve uma canga e deite-se para descansar,pois esse é um longo e maravilhoso dia.

 

11) O GRAND TRIANON – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

O Grand Trianon - O Palácio de Versalhes França

O Grand Trianon – O Palácio de Versalhes França

 

O Grand Trianon foi construído em 1697 onde antes ficava o Trianon de Porcelana de Luis XIV. Este, usado para o soberano escapar da pompa e cerimônia da corte e estar com sua amante, Madame de Montespan.

O pequeno palácio de mármore rosa tem influência italiana, enquanto os jardins são tipicamente franceses.

 

O Grand Trianon - O Palácio de Versalhes França

O Grand Trianon – O Palácio de Versalhes França

 

Várias gerações da monarquia francesa o utilizaram e embelezaram. Inclusive Napoleão Bonaparte, após organizar sua restauração, ficou com sua esposa inúmeras vezes hospedado no Grand Trianon. 

Mais recentemente, Charles de Gaulle o restaurou, criando uma área para os hóspedes da República Francesa e outra para o Presidente.

 

O Grand Trianon - O Palácio de Versalhes França

O Grand Trianon – O Palácio de Versalhes França

 

12) O PETIT TRIANON – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

O Petit Trianon visto do Jardim Francês - O Palácio de Versalhes

O Petit Trianon visto do Jardim Francês – O Palácio de Versalhes

 

Construído entre 1762 e 1768, o Petit Trianon era o lugar de uso privado do Rei Luis XV e sua amante a Madame de Pompadour.

Em 1774, O Rei Luís XVI o deu à Maria-Antonieta. Este se tornou seu lugar preferido para ficar. Inicialmente ela transformou parte dos jardins num parque em estilo inglês. Mais tarde, no restante, ela criou uma pequena aldeia modelo, conhecida como a “Aldeia de Maria-Antonieta”. 

 

Quarto de Maria-Antonieta no Petit Trianon - O Palácio de Versalhes França

Quarto de Maria-Antonieta no Petit Trianon – O Palácio de Versalhes França

 

Posteriormente, vários outros membros da realeza moraram no Petit Trianon. Em 2008, ele foi restaurado e totalmente aberto ao público.

No interior do Petit Trianon você verá as salas de bilhar, jantar, dos espelhos e música, o quarto de Maria-Antonieta, a sala de requentar a comida antes de serví-la ao rei e várias outros ambientes.

Nós gostamos mais da parte externa, onde ficam o Jardim Francês, o Pavilhão Francês, o Templo do Amor, a Rocha e o belvedere à beira do lago.

 

O Pavilhão Francês do Petit Trianon - O Palácio de Versalhes França

O Pavilhão Francês do Petit Trianon – O Palácio de Versalhes França

 

13) A ALDEIA DE MARIA-ANTONIETA – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

Ao contrário do que muitos pensam, Maria-Antonieta e seus convidados não “brincavam de serem fazendeiros” na pequena aldeia criada na propriedade. A rainha usava como um lugar para caminhadas relaxantes e para pequenas festas. 

 

O Moinho da Aldeia da Rainha - O Palácio de Versalhes França

O Moinho da Aldeia da Rainha – O Palácio de Versalhes França

 

Na verdade, tudo realmente funcionava, um ponto que a rainha insistia. Assim, os domínios de Maria-Antonieta tinham um propósito educativo para as crianças da família real.

Embora de exterior rústico, o interior das instalações era cuidadosamente decorado e ricamente mobiliado, para que a rainha pudesse usá-los.

 

A casa da rainha - O Palácio de Versalhes

A casa da rainha – O Palácio de Versalhes

 

Você encontra o moinho, o celeiro, a cabana do pescador, a casa da guarda e até uma fazenda com vacas, ovelhas, cavalos, galinhas e porcos. Eu adorei. Achei tudo muito curioso. No entanto, concordo que esse é um lugar inusitado no Palácio de Versalhes França.

 

14) ONDE COMER – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

Angelina - O Palácio de Versalhes França

Angelina – O Palácio de Versalhes França

 

Se você quiser economizar, traga um lanche e faça um piquenique à beira do lago no parque do Palácio de Versalhes França. Foi o que fizemos na primeira vez. Depois, dormimos feito bebês deitados no gramado. Centenas de pessoas têm essa ideia.

Das outras vezes, preferimos a Angelina, que fica localizada no primeiro andar da ala sul, dentro do Palácio de Versalhes França, logo que você sobe a escadaria que vai para a Sala das Grandes Batalhas. A Angelina é super conceituada. Dizem que na Angelina da Rue de Rivoli é onde você encontra o melhor chocolate quente de Paris. No entanto, na Angelina do palácio foi onde comi uma das melhores saladas da minha vida. Os doces também são deliciosos.

 

Angelina - O Palácio de Versalhes França

Angelina – O Palácio de Versalhes França

 

DICA DO PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA: SE NÃO HOUVER LUGAR PARA VOCÊ SE SENTAR JUNTO AO BALCÃO, CAMINHE PELO CORREDOR ATÉ UMA GRANDE SALA CHEIA DE MESAS A SUA DISPOSIÇÃO.

 

Além da Angelina, há um restaurante com mesas ao ar livre à beira do lago. 

 

  1. 15) QUANDO IR – O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

  2.  
O Palácio de Versalhes França no verão

O Palácio de Versalhes França no verão

  1.  
  2. Em primeiro lugar, o importante é ir! O Palácio de Versalhes França é maravilhoso sempre!
  3. No verão há mais flores, não que sejam tantas assim. Na verdade há apenas 2 grandes canteiros com flores, o restante é mais de arbustos podados e árvores. Além disso, outra vantagem do verão é que você pode almoçar ao livre e se deitar no gramado para descansar
  4. Claro que no inverno, se estiver chovendo, ficará muito difícil conhecer o jardim, o parque, o Petit Trianon, o Grand Trianon e os domínios de Maria-Antonieta.
  5. Quando fui no inverno, algumas estátuas estavam cobertas com plásticos de proteção e todas as fontes estavam desligadas.
  6.  
  7.  
  8. O parque no inverno - O Palácio de Versalhes França

    O parque no inverno – O Palácio de Versalhes França

 

É no verão que acontecem alguns festivais de música, fogos e das águas das fontes. 

 

16) HORÁRIOS DO PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

O Palácio de Versalhes França

O Palácio de Versalhes França

  1.  
  2. O Palácio:
  3. -De terças a domingos: das 09:00 às 18h30min;
  4. -Fechado: Segundas e 1 de Maio.
  5.  
  6. Trianon: 
  7. -De terças a domingos: Das 12:00 às 18h30min;
  8. -Fechado: Segundas e 1 de Maio.
  9.  
  10. Jardim:
  11. -Diariamente das 08:00 às 20h30min.
  12. Em dias de shows fecham as 17h30min.
  13.  

17) COMO IR AO PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA

 

A Galeria das Grandes Batalhas - O Palácio de Versalhes França

A Galeria das Grandes Batalhas – O Palácio de Versalhes França

 

Em Paris, pegue o RER linha C. Ele o deixará na estação de trens Versailles Château – Rive Gauche. De lá, são apenas 10min de caminhada.

Compre o ticket de ida e volta ao Palácio de Versalhes França no guichê da estação de RER C em Paris ou use seu passe Navigo, Mobilis ou Paris Visite zonas 1-4.

T+ tickets, são os tickets comuns de metrô em Paris e não podem ser usados, pois Versalhes é uma outra cidade. 

 

COMPRE AQUI EXCURSÃO VERSALHES DE ÔNIBUS SAINDO DE PARIS

 

Palácio de Versalhes França

Palácio de Versalhes França

 

18) PARA CONHECER O PALÁCIO DE VERSALHES FRANÇA VOCÊ PRECISA DE VISTO!

 

Real Seguro Viagem: É uma empresa que compara o preço de diversas seguradoras e mostra a você, do menor para o maior. Também oferece a garantia de menor preço! E você pode parcelar no cartão de crédito em até 6 vezes!

 

 

19) OUTROS LUGARES MARAVILHOSOS PARA VOCÊ CONHECER NA FRANÇA

 

Pontos turísticos de Paris

Pontos turísticos de Paris

Paris é sempre maravilhosa! Como tem muitas atrações, fizemos um super roteiro de 05 dias: museus, lojas de comida gourmet, as melhores vistas, jardins, arquitetura e até quais as estações de metrô!

ROTEIRO PARIS 5 DIAS – PONTOS TURÍSTICOS

PONTOS TURÍSTICOS DE PARIS – ROTEIRO 5 DIAS II

NATAL EM PARIS: MARAVILHOSO!

A DISNEYLAND PARIS VALE A PENA?

 

Chaumont - 5 castelos top Vale do Loire

5 castelos top Vale do Loire

Se você tiver um pouquinho de audácia, faça um PASSEIO DE BALÃO NO VALE DO LOIRE! Você verá campos de girassois e castelos! Paisagens divinas!

Outras opções perto de Paris são O QUE FAZER EM CHARTRES FRANÇA  JARDINS DE MONET EM GIVERNY FRANÇA.

 

 

Palácio de Versalhes França

 

Abraços e até breve!

 

MEUS DESTINOS IMPERDÍVEIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *